Sair (acesso ao menu principal)

Guia Sirc - Servidores #RESTRITO#

Conceito de Navegação no Decorrer do Fluxo

O conceito de navegação no decorrer do fluxo foi adotado pelo Sirc para permitir que o servidor do INSS execute ações que são próprias dos usuários dos cartórios, sem correr o risco de concluir indevidamente a operação. Dessa forma, o servidor do INSS pode simular a ação como se fosse o usuário do cartório, visualizando exatamente as mesmas telas, preenchendo os mesmos campos e recebendo as mesmas mensagens e críticas – ou seja, navegando no fluxo de uso daquela funcionalidade. 

Todas as funcionalidades que possuem essa possibilidade de navegação no fluxo apresentam a seguinte mensagem informativa: “Você não possui permissão para efetivar o registro no sistema, apenas navegação e preenchimento dos dados no decorrer do fluxo”. 

Veja um exemplo a seguir, no qual o usuário do INSS inicia uma simulação de inserção de um registro de nascimento: 

A seguir é apresentado um comparativo entre as telas finais da funcionalidade “Justificativa de Ausência de Termos” nas visões dos usuários do cartório e do INSS: a primeira, pela visão do usuário do cartório, apresenta o botão Confirmar e o botão Voltar; já a segunda, pela visão do usuário do INSS, apenas o botão Voltar (e a mensagem informativa indicando que o usuário não possui permissão para efetivar o registro no sistema, apenas navegação no fluxo): 

A navegação no fluxo é uma ferramenta extremamente útil, pois permite que o servidor do INSS oriente remotamente o usuário do cartório no uso do sistema. Essa funcionalidade possibilita que ambos visualizem a mesma interface remotamente, o que facilita a comunicação e a compreensão das etapas necessárias para realizar determinada operação. 

Além disso, a navegação no fluxo oferece a oportunidade para que o servidor do INSS realize testes e se familiarize com as funcionalidades utilizadas pelas serventias. Isso é especialmente importante para garantir um suporte eficaz e ágil aos usuários dos cartórios, pois o servidor estará mais bem preparado para fornecer orientações precisas e resolver eventuais problemas que possam surgir durante o uso do sistema. 

Atenção!

As únicas diferenças nas telas apresentadas ao usuário do INSS quando ele navega no fluxo são a presença da mensagem informativa indicando a falta de permissão para efetivar o registro e a ausência do botão “Confirmar” na última tela do procedimento. Isso garante que o servidor não conclua inadvertidamente a ação. Todas as outras telas, campos, mensagens, críticas e alertas são exatamente os mesmos apresentados aos cartórios.  
Essa uniformidade na experiência do usuário garante consistência e facilita a comunicação entre o servidor do INSS e o usuário do cartório durante o suporte remoto e a orientação no uso do sistema. 
Isto permite ao servidor do INSS avaliar as alegações dos cartórios sobre o sistema não permitir determinadas ações, como a exigência de um dado para a inserção de um registro civil, mesmo que não seja exigível por lei. Com a possibilidade de testar diretamente no sistema, o servidor ganha confiança sobre o comportamento sistêmico e pode fornecer orientações precisas aos cartórios.

A navegação no fluxo é, prioritariamente, destinada ao papel do servidor dos(as) SAIS, USUARIOSIRC_GEX. Para saber qual papel tem acesso para navegação no fluxo, consulte a tabela de permissões na seção Permissões e Nível de Acesso | Papel do Usuário. 

Vale ressaltar que os usuários da Direção Central (USUARIOSIRC_DIRECAO_CENTRAL) têm permissão para concluir as operações, não sendo aplicada a restrição mencionada neste caso. Portanto, sempre que este guia mencionar que uma funcionalidade está restrita à navegação no fluxo para usuários do INSS, entenda-se implicitamente a exceção para os usuários da Direção Central.